05 setembro 2012

Elogio da Loucura, de Erasmo, sexta feira, 28 de setembro, às 21H


"O mundo é um palco e a vida um jogo de som e de fúria, representado por um louco"...eis a metáfora utilizada no início da Introdução deste livro, de Desidério Erasmo, objecto de análise na próxima sessão; nós ainda no caminho dos clássicos.

Deixo outra ideia: " A pior das loucuras é, sem dúvida, pretender ser sensato num mundo de doidos"

Leitores de todos os livros, analisai-vos!

4 comentários:

Manuel José disse...

Grande ideia e grande exortação!
A coisa promete.

Custódia C.C. disse...

Pois promete e eu desta vez,não vou poder lá estar... shame on me !

Tertulia XXI disse...

Uma questão que me intriga: Quem é o louco ? Eu ou os outros ?
Albert Einstein

Dia 28 espero estar presente não só pelo tema mas pelas pessoas que compõem esta Comunidade.

Manuel Nunes disse...

Lá te esperamos, Luís Filipe. Obrigado.