15 dezembro 2012

O EMPLASTO, cap. II


5 comentários:

Custódia C.C. disse...

Primeiro diz que é indolor ... e agora vem com o emplasto... não sei não...

Paula M. disse...

O emplasto n/ deu lá muito bons resultados...

Manuel José disse...

Minha Querida Amiga:-- O emplasto não é para os que lêem, mas para os que sofrem a melancolia de não lerem -- CONTRA A MELANCOLIA, USE O EMPLASTO BRÁS CUBAS -- É pró menino e prá menina, à disposição numa biblioteca perto de si.

Manuel José disse...

Paula: Estou a meio do livro, ainda não tenho uma ideia formada sobre o assunto.

Paula M. disse...

Pois eu também, mas o facto é que com a «ideia fixa» (hoje diríamos fixação) nesse projecto, em «prol da glória», o autor apanhou um golpe de ar, que degenerou em pneumonia e assim se tornou um «defunto autor», o que n/ será necessariamente uma coisa negativa, pelo que lemos até agora... Quanto à melancolia...veremos, se resultou, n/ o emplasto, mas a obra.So far , so good.