09 março 2013

Outra Primavera

E  QUE TAL ESTA PRIMAVERA DE MONET?

8 comentários:

Manuel Nunes disse...

Blogando noite fora... É bonito, sim senhora.

Joca disse...

Primavera calma, sim senhora. Lendo na sombra das árvores...não vamos debater o que são...

Manuel José disse...

Vamos debater, vamos. As duas senhoras estão a falar de um certo Dupuis, jeune homme, acabado de chegar a Giverny com um caderno de poemas vagamente rimbaldianos. Depois combinam uma ida a Rouen para assistirem ao trabalho de Monet sobre a façade de la cathédrale. (Emma Bovary, lembram-se?) Esta é a minha ideia. Se alguém achar disparatada, que diga.

Joca disse...

Em cheio, Manuel! Nem discuto, é isso mesmo.

Custódia C.C. disse...

Eu digo mais ... une si belle liaison Monet /Flaubert :)

lau disse...


...bem...devem estar um pouco cansadas...para se sentarem tão cómodamente na relvinha da alameda....

Paula M. disse...

Pode ser que as senhoras discutam o Monsieur Dupuis, eu por outro lado n/ o recomendo porque n/ o conheço! O irem a Rouen para assistirem ao trabalho do pintor n/ me oponho, mas seguirem do exemplo da Bovary n/ aconselharia...que ela tb andou lá pela catedral...mas nem isso lhe valeu! se calhar estão mesmo cansadas e estão apenas a ler «A dama das camélias» à sombra florida (onde é que eu já ouvi isto?)

Manuel Nunes disse...

À sombra florida ou à sombra das raparigas em flor? Ah, esse inconsciente proustiano!
Ou não?