21 julho 2013

NABUCCO - CORO DOS ESCRAVOS - STADE DE FRANCE - PARIS - 2008

.
Publicado a pedido dos admiradores desta peça de Verdi. Ontem, em Lisboa, pelo coro do TNSC e Orquestra Sinfónica Nacional.

4 comentários:

Anônimo disse...

Obrigada.
Também gosto muito!
Bia.

Joca disse...

Bom gosto, bons concertos, boas companhias...

Maria Amélia disse...

Tens razão, Joca. A tua trilogia devia ser um direito inalienável com vista, não já só à sobrevivência, mas à felicidade.
Pela minha parte, que pude estar no dito concerto e pedi o favor do post (por inépcia informática)ao Manuel, queria dizer do significado emocional (para além do artístico) de todos os momentos musicais que ali nos foram proporcionados, mas não há forma de o fazer. Pequena amostra é a evocação de um desses momentos--sempre único, ainda que repetido indefinidamente desde a sua genial criação--o coro dos escravos, da ópera Nabucco. Verdi forever.

Custódia C.C. disse...

É sempre uma emoção ouvir ...