22 agosto 2013

Imagem da capa de M.M. Prechtl, Kafka arcimboldesque  (edição Gallimard)
 
"Lorsque Gregor  Samsa s´éveilla un matin au sortir de rêves agités, il se retrouva dans son lit changé en un énorme cancrelat."
 


5 comentários:

Custódia C.C. disse...

Encore entouré de l'esprit français? :):)

Manuel Nunes disse...

Sim, de certa forma... :)
Comprei esta edição de bolso na FNAC de Bordéus, sobretudo pela arte da capa: "Kafka arcimboldesque". Vai a este endereço e compreenderás:
http://fr.wikipedia.org/wiki/Giuseppe_Arcimboldo.

Joca disse...

Muito curioso este pintor.
E curioso também que Archimboldi é um escritor fictício do livro 2666 de Roberto Bolaño.

Manuel Nunes disse...

2666:livro a propor para o próximo ano... se não tivesse mais de mil páginas. :(

Maria Amélia disse...

Onde vocês já vão! E eu curiosa para saber se o original em alemão indica algum tipo concreto de inseto, como a tradução francesa sugere.