21 janeiro 2014

A PALETA E O MUNDO, 3º CICLO

Ontem, na Casa da Achada, mais uma leitura da obra de Picasso feita por Eduarda Dionísio. Livro de bordo: O Amor da Pintura, de Claude Roy. Trabalho em apreciação: o duplo quadro A Guerra e a Paz , realizado em Vallauris, em 1952, em pleno período da guerra da Coreia.  
Diz-nos Roy: “Não se entra nesses dois quadros como em nossa casa, não se penetra neles do pé para a mão.” E, de seguida, deixa-nos a seguinte história: “A criaturinha volta da igreja. O pai pergunta-lhe: «De que falou o cura? – Do pecado. – E que disse ele? – É contra.» Apetecia-me, ao voltar de Vallauris, responder a quem me interrogasse exactamente como a heroína desta história: «De que fala Picasso? – Da guerra. – E que diz ele da Guerra? – É contra.» Mas não é assim tão fácil.”
 

Nenhum comentário: