18 setembro 2015

Moonlight


..."Depois, a lua surgiu por detrás dos montes. Era uma lua cheia, tão redonda e amarela como uma pedra incandescente. Não a larguei dos olhos enquanto ela se elevava no céu nocturno, não desviei o meu olhar enquanto ela não encontrou o seu lugar na escuridão."

4 comentários:

Custódia C. disse...

Mas que belo enquadramento este da escrita e da pintura!

Paula M. disse...

Concordo! Muito lunar, a nossa leitura deste Setembro!

Assinatura electromagnética disse...

A lua é sempre inspiradora.

Maria Amélia disse...

O que mais me fascinou foi também esta, mais esta coincidência do tema da lua, com o "nosso" eclipse, e não só.