27 maio 2012

"O OURO DOS CORCUNDAS" com PAULO MOREIRAS

O encontro de Vicente Maria com o "Trombeta" na taberna do Pasquino - a dramatização possível 
Uma leitora coloca ao autor uma questão pertinente
Uma parte do ouro da sessão


Por inveja (Custódio Henriques Braz, o “Trombeta”), ódios acumulados (o corregedor miguelista Severo Azevedo de Castro e Santos) e amores recalcados (a filha do corregedor, Miquelina), Vicente Maria vê-se envolvido em mil peripécias aventureiras (o elemento pícaro) cujo desfecho envolve incêndios, estupros, assaltos, mortes, separações, torturas (o elemento trágico) que gorarão a intenção honesta de Vicente Maria.

(MIGUEL REAL, “O pícaro trágico”, JL, 30 de Novembro a 13 de Dezembro de 2011)

A inveja habita no fundo de um vale onde jamais se vê o sol – OVÍDIO
O invejoso chora mais o bem alheio que o próprio dano – FRANCISCO DE QUEVEDO
A emulação é a paixão das almas nobres; a inveja, o suplício das almas vis – JEAN FRANÇOIS MARMONTEL
A inveja é uma merda – ADESIVO DE AUTOMÓVEL
(ZUENIR VENTURA, Inveja – Mal Secreto, Lisboa, Palavra Letras Tropicais, 2005)

Um comentário:

Custódia C.C. disse...

A inveja impede-nos de ver aquilo que nós próprios temos de bom - digo eu, ilustre desconhecida!

E também digo que ontem tivemos mais um dia memorável, na vida da nossa Comunidade de Leitores. Obrigado ao Paulo Moreiras pela sua gentileza e humildade e também à Cristina por tê-lo convidado a estar connosco!