24 agosto 2014

ONTEM, EM OEIRAS, NO PARQUE DOS POETAS: D. QUIXOTE "PASSEANDO PELA BRISA DA TARDE"

«E quis a minha boa sorte que o senhor D. João de Áustria acabasse de chegar a Génova e depois seguir para Nápoles para juntar-se à armada de Veneza, como depois o fez em Messina. Digo, por fim, que participei naquela felicíssima jornada, (…)»
-- Relato autobiográfico de MIGUEL CERVANTES (1547-1616), nos capítulos XXXIX, XL e XLI da Quarta Parte de “D. Quixote de La Mancha” I, relativo à sua participação na batalha naval de Lepanto (1571), travada entre os estados cristãos e o Império Otomano. – Uma história dentro da história do cavaleiro da triste figura.
 

4 comentários:

Anônimo disse...

Ontem, em Oeiras, se D. Quixote passe-se por lá pela brisa da tarde, não encontraria monstros mas sim beldades deleitando-se na sua obra.
fernanda

MIGUEL SAAVEDRA disse...

Bem rodeado de beldades está D. Quixote dentro da obra: a Zoraida,
a Doroteia... Nem seria preciso falar da maior de todas -Dulcineia -, idealização pura - logo, insuperável!

Joca disse...

Beldades e mais beldades...
Vocês andam a ler o mesmo Quixote que os outros? :)A próxima sessão vai ser em Almada?

MANUEL J. M. NUNES disse...

Joca, quem primeiro falou em "beldades" foi a minha amiga. Vá lá ver aos seus mails enviados, data 24/8. :) :)
Sobre a próxima sessão do D. Quixote, o que eu pergunto é se há datas availables. Com tantas festas, excursões, acampamentos, idas ao futebol e outras coisas que eu não sei mas suspeito -- onde quer a minha amiga arranjar datas para o D. Quixote? Já não falo da Vala, que essa parece que se vai fazer mesmo com um grupo mínimo, desses que estão sempre disponíveis para tudo. :)
Viu as fotografias do ANIM no feicebuque? Haja alguém que migre as ditas oara aqui.