30 outubro 2014

MILAN KUNDERA - A ARTE DO ROMANCE


«O romance conhece o inconsciente antes de Freud, a luta de classes antes de Marx, pratica a fenomenologia (a procura da essência das situações humanas) antes dos fenomenólogos. Que soberbas "descrições fenomenológicas" em Proust, que não conheceu nenhum fenomenólogo!». 

MILAN KUNDERA, A arte do romance, p. 47.


Nenhum comentário: