12 julho 2017

ONDAS DO MAR DE VIGO

7-7-2017, Estação de Vigo-Guixar, a apanhar o comboio para Oporto com o jogral MARTIM CODAX no pensamento.
 
CANTIGA D´AMIGO
 
Ondas do mar de Vigo,
se vistes  meu amigo!
e ai Deus, se verrá cedo!
 
Ondas do mar levado,
se vistes meu amado!
e ai Deus, se verrá cedo!
 
Se vistes meu amigo,
o por que eu sospiro!
e ai Deus, se verrá cedo!
 
Se vistes meu amado
por que ei gram cuidado!
e ai Deus, se verrá cedo!
 


6 comentários:

Manuel Nunes disse...

E já agora, a adaptação de Natália Correia:

Ai ondas do mar de Vigo,
se vistes o meu amigo,
dizei-me: voltará cedo?

Ondas do mar levantado
se vistes o meu amado,
dizei-me: voltará cedo?

Se vistes o meu amigo,
aquele por quem suspiro
dizei-me: voltará cedo?

Se vistes o meu amado,
que me pôs neste cuidado,
dizei-me: voltará cedo?

Bia disse...

Muitos cuidados nos dão os nossos amigos e amados!

Custódia C. disse...

Que me perdoem a Natália e o Jogral, mas a foto reteve-me a atenção pela "semelhança" nos dois comboios :)

Manuel Nunes disse...

A intenção também foi essa ~~~~ !!!! ****
O comboio da direita é o da linha Corunha-Vigo, viajámos nele desde Santiago, 6:17 da matina :)

José Encarnação disse...

Não me digam que o amarelo cor de ovo não é mais bonito. Ai Deus e o é.

Manuel Nunes disse...

O amarelo cor de ovo é lindo! O comboiozinho é muito romântico, sempre por paisagens verdejantes da Galiza e do Minho. Bem-vindo ao blogue, ó José Encarnação.